Reunião entre: ABENDI / EIB / ABINSQ / CFT

Cristiano Silva Cristiano Rosa 21 de maio de 2019 0 Comments

Local : ABENDI/SP

Data : 17/05/2019 – Horário: 16h00 às 18h00

Participantes :

Wilson Wanderlei  Vieira (Presidente do CFT),

Gilberto Sakamoto (Presidente do CFT/SP)

José Avelino (Vice Presidente do CRT/SP)

Jair Brasil e Cristiano Silva

(Administradores dos ESPECIALISTAS DE INSPEÇÃO DO BRASIL)

Wellington Neves ( ABINSQ) via go to meeting. 

João Conte (Diretor Executivo da ABENDI)

Principais assuntos discutidos :

1)         O Sr. João Conte agradeceu a presença dos representantes do CFT. Afirmou que a ABENDI está representando as demais certificadoras e que o objetivo principal é promover um convênio com o CFT pois uma parcela bastante grande dos inspetores industriais tem formação técnica.

2)         O Sr. Wilson disse que o CFT tem total interesse nesse convênio com a área de Inspeção e que gostaria de conhecer mais profundamente a estrutura de certificação praticado pelos OPCs. 

O Senhor Wilson  do CFT afirmou que o Convênio pode se basear nas seguintes premissas :

2.1- Abrigar os profissionais das entidades certificadoras pelo CFT, desde que sejam técnicos.

2.2- A certificação dos profissionais podem ser reconhecidas pelo CFT como uma “especialização/pós graduação técnica”, sendo incluída nas atribuições dos técnicos.

2.3 –  Os profissionais teriam os seguintes benefícios do CFT :

2.3.1 – Utilização da Rede SINTEC SINDICATO NACIONAL DOS TÉCNICOS)

2.3.2 – Estabelecimento de um piso salarial

2.3.3 – Implementar uma estrutura de fiscalização

3)         O Sr. João Conte informou que foram ouvidas diversas lideranças dos profissionais de inspeção, além daqueles aqui presentes, e que pontos foram levantados, os quais serão repassados ao CFT.

4) Está prevista a realização de uma nova reunião para que um Grupo de Trabalho do CFT conheça as instalações e o sistema de certificação da ABENDI.

Resumo sobre a reunião com CFT (conselho federal dos técnicos/ desvinculado do CREA), o resumo é o seguinte , fizemos a proposta de 1 inspetor com curso técnico + certificação Abendi, Abraco, FBTS ser reconhecido pelo CFT como uma especialização técnica ou seja pós técnico, conseguiremos com uma tacada só matar 3 problemas da classe de inspeção, ou seja poderemos ter piso salarial ( já está com projeto na câmara dos deputados), ter sindicato e ter equipe de fiscalização através dos 20 Sintecs espalhados pelo Brasil.

Nota: Algumas certificadoras não compareceram, e segundo seus representantes devido a crise econômica e tempo habil para compra de passagens para deslocamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X