Metodo Potencial ganha contrato de parada de manutenção em refinaria

Jair Brasil Jair Brasil 25 de maio de 2019 0 Comments

Metodo Potencial ganha contrato de parada de manutenção em refinaria

Contrato de parada da refinaria de Cubatão é da Metodo

Empresa detentora do contrato da UPGN do Comperj ganha mais um contrato de Manutenção de fornos na Refinaria de Cubatão e se aproxima dos 200 contratos deste tipo

A Metodo Potencial Engenharia mostrou sua força e está comemorando a aquisição de mais um contrato de manutenção de fornos, desta vez os serviços serão na Refinaria Presidente Bernardes-RPBC, que fica em Cubatão, São Paulo.
O contrato de parada conquistado é o de número 189 que a empresa ganha em todo o Brasil e está sendo comemorado com toda a importância que representa.

A Refinaria Presidente Bernardes é uma refinaria localizada no município de Cubatão, no estado de São Paulo, que pertence à Petrobras, com capacidade instalada para 170 mil barris/dia.
A Presidente Bernandes foi a primeira grande refinaria que a Petrobras construiu, logo após sua criação. A construção foi resultado de um plano de investimentos do governo brasileiro, no pós–guerra.

Quando foi inaugurada, em 16 de abril de 1955, a refinaria em Cubatão era responsável por 50% do mercado nacional. Hoje, abastece 8% da produção nacional de derivados.

A executora do contrato

A Potencial Engenharia é a unidade de negócios da Método, reconhecida como uma das principais provedora de serviços do mercado de construção, montagem e manutenção industrial.
Com mais de duas décadas de experiência, a Potencial Engenharia desenvolveu as competências necessárias para atuar em projetos amplos e complexos nos segmentos de óleo e gás, siderurgia, mineração e energia, entre outros.

Atualmente, outro projeto de destaque da Metodo é no COMPERJ onde em parceria com os chineses da Kerui toca as obras da UPGN (Unidade de Processamento de Gás Natural), que ganhou destaque com o pronunciamento da Petrobras declarando que a intenção é usar o gás natural proveniente do Pré-sal para gerar energia elétrica.

A Desistência de construção de Refinaria está alinhada com pensamento do governo de diminuir participação da Petrobras no refino e a construção de uma termelétrica no local ganhou força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X