Constellation fecha contrato de dois anos com a Petrobras; início em outubro

Jair Brasil Jair Brasil 8 de julho de 2019 0 Comments

Constellation fecha contrato de dois anos com a Petrobras; início em outubro

PorRedaçãopostado em 8 de julho de 2019

COMENTÁRIOS

A gigante brasileira do petróleo, a Petrobras, teria contratado o navio-sonda Laguna Star em um contrato de dois anos.

De acordo com a Bassoe Analytics, o navio de perfuração pertencente à Constellation deve iniciar seu contrato com a Petrobras em meados de outubro de 2019. A Bassoe estimou que a tarifa diária do contrato é de cerca de US $ 155.000.

O navio-sonda de 6ª geração será implantado no bloco BM-S-11 da Petrobras na Bacia de Santos.

A sonda está atualmente em contrato com a Enauta – anteriormente conhecida como QGEP – no campo de Atlanta, também na bacia de Santos. Dados do Bassoe Analytics, o Laguna Star deve permanecer com a Enauta até o final de setembro de 2019. Seu valor atual é estimado em US $ 140.000.

Bassoe não é o único a mostrar que a Petrobras selecionou a estrela de Laguna para o bloco BM-S-11. O Brazil Energy Insight informou na semana passada que a proposta diária da Constellation, de cerca de US $ 160.000, superou as ofertas da Transocean, Ensco, Seadrill e Petroserv, que tiveram taxas mais altas – algumas superando a marca de US $ 200.000 / dia.

O site de notícias informou que o navio-sonda seria usado para perfurações de desenvolvimento.

O Petróleo entrou em contato com o Constellation, buscando mais informações e a confirmação dos relatórios. Vamos atualizar o artigo se recebermos alguma resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X