INFORMATIVO ABENDI/ABNT DIFERENÇAS ENTRE OS PROFISSIONAIS SNQC e SNT-TC-1A (ASNT)

Jair Brasil 11 de abril de 2019 0 Comments

Revisão norma ABNT NBR NM ISO 9712


A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou, em 19 de fevereiro, a norma ABNT NBR NM ISO 9712:2014 – Ensaios não destrutivos – Qualificação e certificação de pessoal em END, que revisa a edição de 2007.

Esta Norma Mercosul especifica os requisitos necessários para a qualificação e certificação de pessoas para realizar ensaios não destrutivos (END) industriais. O documento será válido a partir de 19 de março. A norma também não é de domínio público, ou seja, é necessário comprá-la na ABNT.

A ENDi almeja que realmente todos os setores industriais do Brasil utilizem somente profissionais qualificados segundo os requisitos desta norma. Pois o processo de qualificação do Inspetor é por terceira parte, ou seja, por um órgão independente, neste caso, a Abendi.

Mas infelizmente temos tido um aumento absurdo de empresas que estão utilizando a norma SNT-TC-1A, da ASNT, para qualificar seus próprios empregados inspetores. No Brasil ainda temos algumasNão que não hajam empresas sérias e que fazem cumprir todos os requisitos da SNT-TC-1A, mas o que você pensa em termos de confiabilidade, quando uma empresa de inspeção encaminha um inspetor por ela mesmo qualificado para dar um laudo técnico do seu equipamento? Ou seja, ela mesmo treina e ela mesmo qualifica o inspetor. Imagine se as faculdades tivessem o poder dar o título de “advogado” a seus alunos recém graduados em direito. O que você acha?

Vamos a um pequeno exemplo de comparação dos processos de qualificação.

Um Inspetor qualificado pelo SNQC/Abendi em LP-N2 teve OBRIGATORIAMENTE que:

  • participar de 64 horas de treinamento teórico/prático em um centro reconhecido pela Abendi;
  • teve que comprovar no mínimo 4 meses de experiência prática no método (176 horas/mês x 4 meses = 704 horas);
  • teve que realizar exame de acuidade visual com médico oftalmologista;
  • teve que comprovar escolaridade de nível técnico;
  • teve que passar 2 duas provas teóricas (Geral e Específica) aplicadas por órgão independente, neste caso a Abendi;
  • teve que passar 3 duas provas práticas aplicadas por órgão independente, neste caso a Abendi.

Para um Inspetor qualificado pela SNT-TC-1A da ASNT em LP-N2:

  • é RECOMENDADO que participe de 8 horas de treinamento teórico;
  • é RECOMENDADO que comprove no mínimo 140 horas de experiência prática no método (Abendi;
  • é RECOMENTDADO que comprove no mínimo 270 horas de experiência em geral com END’s;
  • é obrigatório que faça exame de acuidade visual, geralmente feito pelo profissional Nível 3 qualificado pela ASNT;
  • é obrigatório que passe por 2 duas provas teóricas (Geral e Específica) aplicadas por profissional Nível 3 qualificado pela ASNT;
  • que passe por provas práticas aplicadas por Nível 3 qualificado pela ASNT.

Nota: O profissional nível 3 qualificado pela ASNT é um contratado da empresa que está qualificando os seus empregados segundo as regras da SNT-TC-1A. Caso a empresa queira, também pode qualificar o seu próprio nível 3, para que as qualificações fiquem ainda mais no âmbito da empresa.


Fonte: http://www.abendi.org.br/ e ABNT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *