Estaleiro Oceana vai voltar a contratar centenas de trabalhadores em Itajaí

Cristiano Silva Cristiano Rosa 31 de março de 2019 0 Comments

Estaleiro Oceana, de Itajaí, será contratado na próxima terça-feira (02), em solenidade no Rio de Janeiro, para participar da construção de quatro corvetas da classe Tamandaré para a Marinha do Brasil. Oceana integra o consórcio vencedor de concorrência realizada recentemente, juntamente com ThyssenKrupp e Embraer Defesa e Segurança.

A entrega das corvetas está prevista para o período de 2024 a 2028. O contrato vai gerar 2 mil empregos diretos e 6 mil indiretos, segundo o comandante da Marinha, almirante Ilques Barbosa, informou ao senador Esperidião Amin (PP), um dos parlamentares entusiastas da presença da indústria catarinense nas licitações nacionais.

O Estaleiro Oceana tem tradição de 20 anos na indústria naval brasileira. Pertence ao grupo CBO e atua em Itajaí em uma área com mais de 300 mil metros quadrados. Conta com mais de mil colaboradores.

A participação das indústrias de Santa Catarina nas compras das Forças Armadas é uma das bandeiras desfraldadas há muitos anos pelo ex-presidente da Fiesc, José Fernando Faraco. Vários contatos já foram mantidos, incluindo acordos com a UFSC.

Nos últimos anos, o empresário Cesar Olsen vem se destacando nos projetos e eventos destinados a colocar o setor produtivo do Estado no circuito das Forças Armadas. Participação especial nos últimos anos vem tendo o general Ademar Machado da Costa Filho, ex-comandante do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville e da 14ª Brigada de Infantaria de Florianópolis, que está agora residindo na Capital. Ele continua articulando encontros de empresários e autoridades militares, mostrando o potencial industrial catarinense e a qualidade de seus produtos.

Fonte site; opetroleo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X