ES Gás vai investir R$ 40 milhões para construir gasoduto em Linhares

Cristiano Silva Cristiano Rosa 22 de setembro de 2020 0 Comments

Linhares, munícipio do norte do Espírito Santo, irá receber, em breve, um gasoduto, investimento que promete movimentar positivamente a economia do Estado.

Gasoduto em Linhares
Conhecida pelo enorme polo econômico, Linhares contará com um gasoduto ligando a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC), no litoral da cidade, até a região industrial do município.

Segundo matéria publicada recentemente por A Gazeta, esse investimento será o primeiro de uma série de novas ações feitas pela ES Gás, nova companhia de distribuição de gás natural do Espírito Santo.

Tal companhia possui como sócios o próprio Estado e a BR Distribuidora, e garantiu a concessão para expandir a malha de gás no território capixaba.

Com o intuito de levar gás às indústrias, o gasoduto da região linharense terá 28 quilômetros e custará cerca de R$ 40 milhões.

Inclusive, a expectativa é que ele esteja pronto em 13 meses, sendo que a empresa responsável pela construção desses dutos já iniciou as conversas com o Bandes, como forma de fechar um financiamento para o projeto!

Vantagens do investimento
Agora, você pode se perguntar: como esse gasoduto pode ajudar Linhares e o Estado como um todo? São vários os motivos!

O município possui um gasoduto na BR 101, em que o gás é levado de forma comprimida de Cacimbas (em Linhares mesmo) para esse duto por caminhões. Com a construção de uma nova plataforma, além da possibilidade da conexão direta com a UTGC, será uma alternativa mais eficiente e até com custo de distribuição mais barato.

Prova disso é que, como o gasoduto da ES Gás terá capacidade nominal de 200.000 m³, estima-se que isso reduzirá a movimentação de 4 carretas que fazem o trabalho atual. Esses caminhões costumam fazer cerca de 140 viagens/mês de ida e volta. Uma economia e tanto!

Com o barateamento do preço do insumo, é formado uma grande cadeia: abre espaço para mais investimentos no município e até serve como forma de atrair empresas para se instalarem no Estado, tendo em vista que novidades como essa auxiliam a criar um território capixaba cada vez mais próspero ao desenvolvimento.

Fonte: Mmurad

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X